Testemunho do trabalho com idosos

Dia 31 de outubro de 2017 iniciamos a atividade com os idosos da região do bairro Betânia e adjacências.

A atividade proposta foi "uma tarde da saudade", convidamos um grupo chamado " Canto Livre" da comunidade, trata-se de um  grupo de aproximadamente 70 idosos que se reúnem todo sábado pela manhã na escola municipal Francisca de Paula para conversar, ensaiar  músicas "popular brasileira e tocar alguns instrumentos" , sendo o objetivo principal levar alegria para idosos que residem em Instituições de Longa Permanência - ILPI's , anteriormente esse espaços eram chamados de  asilos.

Quando convidamos esse grupo por meio da Maria Onilda ela ficou encantada e muito contente pela iniciativa da comunidade missionária iniciar essa atividade com o público de idosos.

Até o dia do encontro foram realizadas muitas articulações com voluntários para futuras intervenções com rodas de conversa, atividade física, de relaxamente, artes manuais, dentre outras propostas, articulamos com algumas políticas públicas do território e da regional, sendo o Centro de saúde um grande parceiro por meio dos agentes comunitários de saúde,  fizeram a busca ativa, e essa política também, contribuirá nas  atividades físicas e  palestras relativas a qualidade de vida...

Tudo organizado com muito carinho, poemas, informações no mural, mesas, cadeiras, flores , balas e bombom, suco de capim cidreira e água aromatizada esperavam por degustadores ... 

Enfim, o relógio apontava 16:00 horas estava ainda vazio, no entanto, após alguns minutos as pessoas começavam a chegar, algumas de acordo com sua coordenação lentamente caminhavam e diziam " eu vim para ter uma tarde alegre e lembrar de coisas boa do meu tempo", outra dizia " ufa, fui ao médico mas deu tempo", " outra dizia é muito bom a gente ter um espaço pra gente ter informações sobre os direitos" , impressionante percebi que todos que chegavam sempre tinham um sorriso e um dava um abraço apertado esse carinho me remete uma certa intimidade como que já nos conhecêssemos... Percebo o quanto as pessoas necessitam do carinho e da atenção e esse público já inicia o contato com essa manifestação.

Nesse dia foi dada a  oportunidade de refletir a importância da convivência e do idoso ter um projeto de vida, de ter novas escolhas, foram todos convidados para participarem do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, cada participante teve acesso ao calendário com data/horário dos próximos encontros.

Conforme nossa lista de presença tivemos aproximadamente 91 participantes incluindo os idosos que cantaram.

Texto redigido por Clarice Dias - Assistente Social

Veja algumas fotos: