Estamos nos aproximando da Páscoa do Senhor, momento de forte renovação da fé e de encontro com Jesus Crucificado e Ressuscitado. Na Vigília Pascal, muitos catecúmenos espalhados pelos vários cantos do mundo irão receber o Batismo, momento forte de adesão a Cristo e ainda experimentar pela primeira vez o Sacramento da Eucaristia.

Na Liturgia da Palavra do dia da Páscoa, o Evangelho (Jo, 20,1-9) nos narra os discípulos Pedro e João que vão correndo ao túmulo e não encontram o corpo de Jesus. “Ele (o discípulo amado) viu e acreditou”. Assim também nós somos convidados a acreditar, a crer que Jesus venceu a morte, que não está mais no túmulo, que Ressuscitou! Somos convidados a viver a experiência da Ressurreição hoje, no cotidiano da nossa vida, e a ler a passagem de Jesus que visita os discípulos e vem no meio deles.

Assim, gostaríamos de partilhar uma experiência de ressureição, de passagem de Deus na vida de uma mãe de uma criança atendida pelo Centro de Acolhida Betânia. Que esta experiência possa enriquecer o nosso coração da certeza na Ressureição de Jesus.

Gostaríamos também de partilhar o que algumas crianças do Centro de Acolhida dizem que é a Páscoa para elas. Clique aqui.

Uma feliz e santa Páscoa!

 

Depoimento de Ana

Oi Boa noite!

Essa sou eu, me chamo Ana, tenho 26 anos, sou mãe da Isabel de 6 anos e do João de 2 anos. [...]

Bom quando minha filha entrou aqui, foi por uma indicação médica, eu estava cheia de medo e preocupada... se iriamos ter um bom resultado ou não, mas hoje descobrimos que a acolhida foi além do que imaginava, meus medos tornou-se em desafios de descobrir que o meu potencial e o da minha filha vai muito além do que imaginei, sinto de verdade acolhida, amparada [...] quero agradecer a Deus pela a vida de cada de um.

Quando fizemos matrícula me perguntaram de que maneira você poderia contribuir ou ajudar o Centro de Acolhida, eu respondi com nada, pois na verdade eu pensava que estava precisando de ajuda. Mais um belo dia aconteceu algo em minha casa. [...] recebi a visita de dois anjos em minha casa, Angélica e Círia há qual me fizeram um convite de ser voluntária [...], quando comecei a ajudar na cozinha [...], descobrir que posso ser bem mais útil do que eu imaginava [...].

Além do mais descobrir em mim uma pequena costureira que estava adormecida, Maria quero agradecer a Deus pela a sua vida e por acreditar em mim coisa que eu nem mais acreditava você acreditou Muito obrigada! [...]

E o que dizer sobre conhecer meus direitos e uma experiência inexplicável pode ser a dica e mais uma vez ajudar nem que seja com minha voz. Mais uma vez obrigada por tanta oportunidade. [...]

Muito obrigada, Centro de Acolhida Betânia!

(Depoimento disponibilizado pela equipe do CAB)